Cookies nos ajudam a fornecer o nosso serviço. Ao usar esse site, você concorda com o uso de cookies. Nós não armazenamos nenhuma informação pessoal. Saiba mais.

Imprensa / Notícias sobre produtos e serviços / Geradores Atlas Copco fabricados no Brasil previnem a contaminação do solo em obras

Geradores Atlas Copco fabricados no Brasil previnem a contaminação do solo em obras

2015-03-19

Existem atualmente 4.771 áreas com solo contaminado no estado de São Paulo, de acordo com cadastro produzido pelo Departamento de Áreas Contaminadas e a Divisão de Apoio Técnico e Acompanhamento, da Diretoria de Controle e Licenciamento Ambiental da CETESB.

Atlas Copco Brazil - Gerador QAS 550
A construção civil tem uma quota muito importante na responsabilidade ambiental, pois muitos equipamentos utilizados em uma obra podem contaminar o solo e as águas subterrâneas. Dentre eles, os geradores portáteis.

Conforme ressalta o gerente do Departamento de Áreas Contaminadas da CETESB, Elton Gloeden, o surgimento de áreas contaminadas no estado de São Paulo está relacionado ao desconhecimento, em épocas passadas, de procedimentos seguros para o manejo de substâncias perigosas, ao desrespeito a esses procedimentos seguros, assim como à ocorrência de acidentes ou vazamentos nos processos produtivos e mesmo no transporte e armazenamento de matérias-primas. Isto inclui, por exemplo, vazamentos de fluidos de equipamentos durante obras.

Esse risco gera preocupação no setor da construção civil em relação aos impactos ambientais, o que se agrava ainda mais nesse momento de crise hídrica. Isso porque, em caso de vazamento de óleo, os elementos tóxicos podem se deslocar no subsolo e atingir um lençol de água subterrâneo. Nesse contexto, o uso de geradores Atlas Copco, totalmente vedados, é a melhor solução.

Os geradores Atlas Copco, fabricados no Brasil, eliminam a necessidade de bandejas de contenção, as quais nem sempre protegem o solo de vazamentos. Em caso de chuva, o óleo se mistura à água e acaba vazando, por exemplo. Já no conceito de chassi vedado, existe um reservatório, dimensionado para ser capaz de conter 110% dos fluídos do equipamento. Ou seja, o risco de vazamento é zero. Além disso, este tipo de equipamento possui tampa para drenagem selada, garantindo que o esvaziamento possa ser feito com segurança e na hora certa.

“Construtoras, mineradoras e empresas de geotecnia exigem cada vez mais geradores vedados e usam isso também a favor de sua imagem, associando-a à responsabilidade ambiental. Locadores de equipamentos também têm dado preferência à esta nova tecnologia, que gera maior satisfação para seus clientes e reduz os custos de bandejas de contenção” – afirma Fernando Groba, Gerente Geral da Atlas Copco Construction Technique.

Para mais informações, contate:

Atlas Copco é um fornecedor líder mundial de soluções em produtividade sustentável. O Grupo atende clientes com compressores inovadores, soluções de vácuo e sistemas de tratamento de ar, equipamentos de construção e mineração, ferramentas elétricas e sistemas de montagem. A Atlas Copco desenvolve produtos e serviços focados na produtividade, eficiência energética, segurança e ergonomia. A empresa foi fundada em 1873, baseia-se em Estocolmo, na Suécia e tem um alcance global, abrangendo mais de 180 países. Em 2013, Atlas Copco teve um faturamento de 84 BSEK (BEUR 9.7) e mais de 40 000 empregados.

Em 2015, a Atlas Copco comemora 60 anos no Brasil e tem duas fábricas no país, além de escritórios em Barueri/SP, filiais em cinco estados e distribuidores em quase todas as regiões. Atualmente, a Atlas Copco Brasil emprega mais de 1300 funcionários e está presente em obras como a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte e a ampliação do Rodoanel de São Paulo.