Cookies nos ajudam a fornecer o nosso serviço. Ao usar esse site, você concorda com o uso de cookies. Nós não armazenamos nenhuma informação pessoal. Saiba mais.

Imprensa / Histórias de aplicações de produtos / Atlas Copco tem papel fundamental em demolição sustentável na Fonte Nova

Atlas Copco tem papel fundamental em demolição sustentável na Fonte Nova

2013-04-23

Equipamentos utilizados na demolição do antigo estádio situado na Bahia, permitiram reutilizar o concreto e vergalhões retirados na obra.

Assim como ocorreu com o estádio do Mineirão, a Atlas Copco também tem participação importante em outro palco da Copa do Mundo do Brasil 2014. A Arena Fonte Nova, localizada em Salvador, custou cerca de R$ 592 milhões e na obra foram empregados três diferentes pulverizados da Atlas Copco, utilizados para demolir 150 metros de concreto por dia, além de atuar na separação de eventuais vergalhões embutidos no concreto do estádio. O melhor de tudo isso é que o concreto extraído pode ser reutilizado. “O concreto é enviado para britadores móveis no canteiro de obras, onde é reduzido à granularidade correta, e futuramente será usado como base para camas de aterros sanitários ou asfalto", diz José VirgilioMazza Batista, engenheiro de produção da Arcoenge, empresa responsável pelo trabalho de demolição.

Atlas Copco Brasil - Estádio da Fonte Nova
Foram empregados na demolição do antigo estádio da Fonte Nova os pulverizadores Atlas Copco BP 2900, DP 2800 e DP 2000, acoplados em máquinas grandes, como uma escavadeira de 38 toneladas. Esses pulverizadores possuem características multifuncionais que os tornam eficientes em matéria de demolição sustentável, como a força linear de rotação do motor hidráulico e a embocadura com lâminas parecidas com pinças de demolição. Essa última característica é fundamental para separar as barras reforçadas fixadas à estrutura original do estádio.  “Enquanto reutilizamos o concreto, o vergalhão retirado da estrutura é enviado para organizações locais que enviam para empresas multinacionais da indústria do ferro e aço para reciclagem”, informa Batista.
Marcelo Camargo, gerente de negócios da Atlas Copco responsável pela divisão de ferramentas de demolição, lembra que reutilizar também os vergalhões está virando uma tendência. “Reutilizar o vergalhão até então não era possível, pois as empresas no setor não tinham equipamento adequado e conhecimento técnico suficiente”, diz Marcelo, lembrando que com os pulverizadores capacitados para separar o aço do concreto essa questão está solucionada. 

Para obter mais informações, entre em contato com:
  • Elaine Campos, Coordenadora de Marketing e Comunicação, Construction Technique +11 3478 8200

Fundada em 1873, a Atlas Copco é uma multinacional de origem sueca especializada em produtos e serviços que abrangem desde equipamentos de ar e gás comprimido, geradores, equipamentos de construção e mineração, ferramentas industriais e sistemas de montagem até serviços relacionados, como pós-venda e aluguel.
Com uma longa tradição e celebrando 140 anos de experiência, a Atlas Copco é líder mundial no fornecimento de soluções para a produtividade industrial e inova sempre para oferecer um nível de eficiência inigualável a seus clientes. O objetivo do Grupo Atlas Copco é tornar-se e manter-se Primeiro na Mente — Primeiro na Escolha® para seus clientes e outras partes interessadas, demonstrando valores como interação, comprometimento e inovação, que formaram o passado da empresa, criaram o presente e orientam o futuro.
Hoje, o Grupo Atlas Copco oferece suporte aos clientes em 180 países, com operações próprias em 90 destes. Em 2013, a Atlas Copco foi classificada como uma das empresas mais inovadoras e sustentáveis do planeta segundo o Fórum Mundial de Economia. Leia a história da empresa que acredita que “Há sempre uma maneira melhor” em www.atlascopco.com/history