Cookies nos ajudam a fornecer o nosso serviço. Ao usar esse site, você concorda com o uso de cookies. Nós não armazenamos nenhuma informação pessoal. Saiba mais.

Imprensa / Histórias de aplicações de produtos / Compressores Atlas Copco trabalham sob condições polares em mina norueguesa

Compressores Atlas Copco trabalham sob condições polares em mina norueguesa

2014-03-11

Wilrijk, Bélgica, março de 2014. As temperaturas de inverno na remota mina de minério de ferro Sydvaranger podem chegar a -35°C. Para manter o funcionamento, a mina depende de secadores de ar, compressores de parafusos rotativos lubrificados e compressores isentos de óleo da Atlas Copco. Sydvaranger teve três motivos principais para escolher a Atlas Copco como sua fornecedora: "confiabilidade, custo de vida útil e economia de energia".

GA 110
A mina de minério de ferro Sydvaranger está localizada no extremo nordeste, cerca de 400 km acima do circulo polar ártico. Ela se encontra em um terreno montanhoso acima da pequena cidade de Kirkenes e Bøkfjorden, um canal conectado ao Mar de Barents.

Einar Berg, consultor de mineração sênior, sabe tudo o que é preciso saber sobre minas abertas e a qualidade do minério e da rocha. “As condições do clima são o maior desafio para a mineração na área,” ele diz. “Os verões são luminosos e quentes, mas no inverno, podemos chegar a temperaturas de -35°C.”

A Atlas Copco entregou secadores de ar, compressores de parafusos rotativos lubrificados e compressores isentos de óleo para a mina. “Observamos imediatamente que as condições de temperatura extrema requerem uma escolha confiável de secadores de ar,” diz Rune Mjørud Hansen, gerente distrital da Atlas Copco Compressor Technique Scandinavia. “A Sydvaranger Gruve escolheu secadores BD para sua unidade, o que fornece ar puro e seco com um ponto de condensação garantido de pelo menos - 40°C. Ar comprimido é o coração da produção. Se ele congelar, a produção é paralisada.”

O poço ativo da mina, Bjørnevatn, está localizado apenas a dois quilômetros da fronteira com a Rússia. Minério moído parcialmente é transportado por uma linha férrea de oito quilômetros (a ferrovia mais ao norte da Europa) para Kirkenes. Aqui, ele passa por mais um processo de fresagem e separação, transformando-se no concentrado que é enviado para as fábricas de fundição na Ásia e na Europa.

“O que alguns consideram um local remoto pode ser uma vantagem para outros,” diz Berg. O primeiro carregamento comercial a ser enviado pela rota do mar do norte foi o minério de ferro da Sydvaranger com destino à China em 2010. Essa rota economiza 40% do tempo, combustível e emissões em comparação com a rota convencional.

Instalação de compressor na Sydvaranger
Arnfinn Mentyjærvi, gerente de manutenção na mina diz que Sydvaranger teve três motivos principais para escolher o equipamento da Atlas Copco: “confiabilidade, custo de vida útil e economia de energia”.

“Você pode olhar o preço ou o custo total,” diz Mentyjærvi. “Nós decidimos investir em qualidade. Temos experiência de produções anteriores na mina e sabemos que podemos confiar nos equipamentos da Atlas Copco. Além disso, o acesso a peças sobressalentes é bom.”

A economia de energia se tornou muito importante dentro da indústria de mineração. Existe também uma escassez de energia. “O fechamento da mina, em 1996, criou um excedente de energia na área que antes era usada para outros negócios,” disse Mentyjærvi. “Quando a mina foi reativada, tivemos que construir uma nova cadeia de suprimento, mas o acesso à eletricidade não é ilimitado e isso colocou um foco extra no uso de equipamentos com baixo consumo de energia.”

Hansen destaca que, enquanto compressores não são os maiores consumidores de energia na Sydvaranger Gruve, minimizar custos operacionais leva a uma produtividade superior. “Uma queda de pressão baixa e controle dinâmico com ligação dependente do ponto de condensação era essencial,” ele diz. “Com nosso compressor ZR400VSD de frequência controlada e isento de óleo, que oferece um controle de pressão preciso, não é difícil ter uma economia de energia de até 35%.”

A Sydvaranger Gruve tem um contrato de serviço de 24 horas com a Atlas Copco e 20 funcionários no local, conduzindo manutenções, serviços e reparos nos equipamentos da unidade de perfuração. Einar Berg diz que o acordo funciona bem. “Temos reuniões diárias onde planejamos e ajustamos a manutenção para a produção,” ele diz. “Isso oferece uma flexibilidade apreciada e poucos problemas ocorreram.” A Atlas Copco também entregou conjuntos de iluminação e diversos tipos diferentes de unidades de perfuração e martelos de superfície para a Sydvaranger.

Caixa de fatos da Sydvaranger Gruve AS

A exportação de concentrado de minério de ferro de magnetita da Sydvaranger começou em 1910, após a abertura da mina em 1906. Aproximadamente 200 milhões de toneladas de minério bruto foram produzidos até que o declínio da demanda e os preços baixos forçaram a mina a fechar em 1996. A mina, junto com a ferrovia e as instalações da produção, foram então reativadas entre 2007 e 2009. Sydvaranger Gruve AS é uma subsidiária da Northern Iron Ltd australiana, com a Tschudi Shipping Company norueguesa, a maior proprietária. Hoje, a Sydvaranger opera uma mina aberta em Bjørnevatn e retira o minério por uma linha férrea privada para Kirkenes para processamento e envio. A empresa possui mais de 400 funcionários e usa mais de 100 empreiteiros. A produção em 2012 foi de 2 milhões de toneladas de concentrado e a empresa espera alcançar sua capacidade nominal de 2,8 milhões de toneladas por ano em 2013. O plano de trabalho é dobrar a capacidade até 2017.

Para obter mais informações, entre em contato com:


A Atlas Copco é líder mundial no fornecimento de soluções de produtividade sustentável. O Grupo atende clientes com compressores inovadores, soluções de vácuo e sistemas de tratamento de ar, equipamentos para construção e mineração, ferramentas elétricas e sistemas de montagem. A Atlas Copco desenvolve produtos e serviços voltados para produtividade, eficiência de energia, segurança e ergonomia. A empresa foi fundada em 1873, está localizada em Estocolmo, Suécia, e tem um alcance global que abrange mais de 180 países. Em 2013, a Atlas Copco teve receita de 84 bilhões de coroas suecas (9,7 bilhões de euros) e mais de 40.000 funcionários.

A área de negócios da Compressor Technique da Atlas Copco fornece compressores industriais, soluções de vácuo, compressores e expansores para gás e processos, equipamentos para tratamento de ar e gás e sistemas de gerenciamento de ar. A área de negócios possui uma rede de serviços globais e inova em produtividade sustentável nas indústrias de fabricação, petróleo e gás e processos. As principais unidades de desenvolvimento e fabricação de produtos estão localizadas na Bélgica, Alemanha, Estados Unidos, China e Índia.